Michel Laub

Mês: setembro, 2017

Fim de semana

Um disco – Hiss Spun, Chelsea Wolfe.

Um documentário – Oasis: Supersonic, Mat Whitecross.

Um filme de 1981 – The Decline of Western Civilization (1), Penelope Spheeris.

Um filme pretensioso – Mãe!, Darren Aronofsky.

Um prédio – IMS Paulista.

Anúncios

Fim de semana

Um livro – Sobre Gatos, Doris Lessing (Autêntica, 192 págs.).

Um ensaio – Antonio Engelke sobre identitarismo, na Piauí.

Um vídeo – Rock Grande do Sul 30 anos depois (aqui).

Um filme médio – Norman, Joseph Cedar.

Um filme ruim – O Círculo, James Ponsoldt.

Egopress

– Na próxima terça, 12/9, às 17h, participo com Ana Paula Maia de uma das mesas da Feira do Livro de Medellin/Colômbia. Programação completa: https://goo.gl/U9hmmH

– Na sequência (16/9, 19h), estarei com Eduardo Sabino, Marcia Denser e Maria Valéria Resende no Festival de Belo Horizonte. Programação: https://goo.gl/jyDdBU

O Tribunal da Quinta-Feira está entre os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura. O resultado sai em novembro. Mais informações: https://goo.gl/iSB6Lw

– Um texto meu saiu na revista inglesa Litro, que dedicou um número a autores latinos. A curadoria é da romancista mexicana Chloe Aridjis, e também participam no time brasileiro Antonio Xerxenesky e Fernanda Torres: https://goo.gl/XRZvL3

– Minha participação no Segundas Intenções/2017, na Biblioteca Villa-Lobos, em São Paulo: https://goo.gl/hv8UMn

Fim de semana

Um romance – O Vendido, Paul Beatty (Todavia, 320 págs.).

Um ensaio de provocação – Teoria King Kong, Virginie Despentes (N-1 Edições, 128 págs.).

Um filme simpático – O Filme da Minha Vida, Selton Mello.

Outro – The Invention of Lying, Ricky Gervais.

Um artigo – Fake news na época da invenção do rádio (aqui).