Michel Laub

Mês: julho, 2017

Fim de semana

Um documentário – Metallica: Some Kind of Monster, Joe Berlinger e Bruce Sinofsky.

Um filme ruim – O Contador, Gavin O’Connor.

Uma série de culinária – Anthony Bourdain.

Uma peça – Jó ou a Tortura pelos Amigos, Fabrice Hadjaj (É Realizações, 80 págs.).

Uma releitura – O Instante Contínuo, Geoff Dyer (Companhia das Letras, 304 págs.).

Egopress

– Neste sábado, 8/7, falo do Diário da Queda no evento Leituras Obrigatórias da UFRGS, com alunos e professores de colégios e cursos pré-vestibulares no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre. Serão duas conversas com o professor Sergius Gonzaga, de manhã e à tarde. https://goo.gl/VikZnJ.

Diário também acaba de sair na Turquia, pela Kafka Books: https://goo.gl/L4v53v.

– Já a edição inglesa do Maçã Envenenada, da Harvill Secker, chegou esta semana nas livrarias. Página da Amazon com  blurb de Adam Thirlwell: https://goo.gl/zVTW8o. Mais artigos acadêmicos recentes sobre o romance: da professora Leila Lehnen, da University of New Mexico/EUA (https://goo.gl/1Twdkf), e de Carolina Pina Rodrigues Maciel, da UERJ (https://goo.gl/xchXza).

Fim de semana

Uma série – Hip Hop Evolution.

Uma série ruim sobre o mesmo tema – The Get Down.

Um documentário – American Anarchist, Charlie Siskel.

Outro – Janis: Little Girl Blue, Amy Berg

Uma coletânea – Extras e gravações alternativas de Vauxhal and I, de Morrissey (aqui).