Inteligência entre aspas

por Michel Laub

“Cara Jenevieve, estou tendo um caso com uma mulher mais velha (…). O sexo é fantástico e acho que estou apaixonado. Mas existe outra complicação séria, que é a seguinte: ela é a minha avó!”

Assim começa “Lionel Asbo”, mais recente romance de Martin Amis (Companhia das Letras, tradução de Rubens Figueiredo). O personagem título, um delinquente vocacional que usa dois pitbulls como “ferramentas de trabalho”, ganha na loteria e é “tragado pela primeira página”.

Publicado na Folha de S. Paulo, 25/4/14. Íntegra aqui.