Novelas e Apartheid

por Michel Laub

Sempre dou um desconto quando ouço que a TV era melhor antigamente. O passado só existe sob o filtro egocêntrico das lembranças, que confundem a glória de nossa biografia com o esplendor da história do mundo. E a análise não pode desprezar o contexto. O “padrão Globo de qualidade” dos anos 1970/1980, por exemplo, tinha menos apelação porque havia menos concorrência.

Texto publicado na Folha de S.Paulo, 14.2.2014. Íntegra aqui.