Palavras que perderam o sentido

por Michel Laub

– “Suposto”: adotada pela imprensa depois de episódios como o da Escola Base, em que seus donos foram injustamente acusados de molestar crianças. Devem achar que é um salvo-conduto contra processos em reportagens levianas, que continuam sendo publicadas sem pudor. É também uma peça recorrente de comédia, em frases como: “As imagens mostram o momento em que, diante de nove testemunhas, o suposto assassino desferiu os tiros contra a vítima”.

– “Elite” (ou “classe média”): termo que nasceu na economia, na política e na cultura e se transferiu para a moral, com elasticidade suficiente para definir apenas inimigos.

Texto publicado na Folha de S.Paulo, 27/9/2013. Íntegra aqui.

Anúncios