O que fazer quando se está no pavilhão de isolamento de um hospício

por Michel Laub

Patrick McGrath em Spider (Companhia das Letras, 240 páginas):

“Mesmo quando um homem não tem nada que possa considerar seu ele dá um jeito de adquirir alguns bens; depois arranja um meio de esconder suas coisas dos atendentes. O que se faz (…) é amarrar a ponta de um barbante no passador do cinto e a outra na boca de um pé de meia, deixando depois a meia pendurada por dentro da calça. A bolsa serve para guardar tabaco, material de costura, lápis e papel, mais barbante (…). Os homens se apegam a suas meias”.